Rio de Janeiro
A+ A-

Notícias

Publicado em: 12/03/2020

Sarampo: casos aumentam em todo o estado do Rio de Janeiro e Crefito-2 se une à campanha de luta contra a doença.


O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região (Crefito-2) apoia a campanha de conscientização da população na campanha de vacinação contra o sarampo, que é a maneira mais eficaz de evitá-lo. Trata-se de uma doença infecciosa aguda, transmissível e extremamente contagiosa, o que explica o número elevado de ocorrências e que em casos mais graves pode levar à morte. A doença se manifesta por tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas (exantemas).


Como profissionais de saúde, o fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional têm papel importante na prevenção do sarampo, orientando a população sobre a importância da vacina e como as pessoas devem se comportar diante de surtos dos casos da doença, como por exemplo, o cuidado com a tosse, a higiene das mãos e a utilização de equipamentos de proteção individuais (EPIs). Para os casos mais graves, a Fisioterapia atua nas comorbidades e demais necessidades do paciente crítico ou potencialmente crítico. É importante ressaltar que a vacina é a única forma de prevenção, e a baixa cobertura vacinal é apontada como principal causa para a doença ter retornado ao país”, esclarece o conselheiro do Crefito-2 que é especialista em Fisioterapia Neonatal e Pediátrica, Dr. Carlos Roberto Pereira.

 

Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), em 2020, já foram confirmados 276 casos de sarampo no estado do Rio de Janeiro contra 470 casos registrados da doença, em 2019. Um milhão de pessoas foram vacinadas, mas representa apenas um terço da meta de 3 milhões do Governo do Estado para proteger o Rio de Janeiro contra o sarampo. A campanha contra a doença iniciou no dia 13 de janeiro e a SES tem mobilizado os 92 municípios do estado para convocar a população a se vacinar e já promoveu dois Dias D, o último, nesse sábado (7).

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sarampo voltou a ser uma preocupação brasileira com a ocorrência de surtos nos últimos dois anos. A Região das Américas confirmou 2.927 casos de sarampo em 2019. Os dados são da mais recente atualização epidemiológica da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), com dados fechados no dia 7 de agosto de 2019. A doença foi identificada em 14 países, de 1 janeiro a 27 de julho, sendo a maior proporção registrada nos Estados Unidos (1.172), Brasil (1.045) e Venezuela (417), conforme dados da OPAS/OMS.

 

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa, o vírus se dissemina facilmente pelo ar e permanece no ambiente por até duas horas e os sintomas aparecem entre 10 e 14 dias da exposição. A transmissão ocorre quando a doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas, ou seja, por gotículas respiratórias no ar (tosse ou espirro), saliva (beijos ou copos compartilhados), toque em uma superfície contaminada (lençóis ou mesas), contato com a pele (apertos de mão ou abraços) ou ainda da mãe para bebê durante a gravidez, parto ou amamentação.

 

E você que é fisioterapeuta e terapeuta ocupacional marque aqui o seu paciente, familiar ou amigo. Confira os pontos de vacinação volantes e fixos promovidos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) em todo o estado e ajude a divulgar.

 

Pontos Volantes:

 - Entre 10 e 11 de março, de 8h às 14h – Petrópolis, Três Rios, Mangaratiba e Valença.

- Entre 12 e 13 de março, de 8h às 14h - Nova Friburgo, Paraíba do Sul, Angra dos Reis e Resende.

 

Pontos fixos:

- Entre 10 e 13 de março, de 8h às 14h - Barcas (Praça XV), Rodoviária (Terminal Novo Rio), Metrô (Estação Carioca), Aeroporto Santos Dumont, Central do Brasil, Iaserj Maracanã (8h às 16h) e Postos de Saúde.

 
 
 
  • Imprimir este conteúdo
  •  
  • Salvar este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  • Compartilhar no Whatsapp
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário

Ícone do comentário
 
Sede
Rio de Janeiro
Rua Félix da Cunha, 41
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20260-300
Telefone: (21) 2169-2169
E-mail: faleconosco@crefito2.org.br
Site: www.crefito2.gov.br


Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Sul Fluminense
(Volta Redonda - RJ)
Rua 18-B, 43, Sala 405
Edifício Centro Empresarial - Vila Santa Cecília
Volta Redonda - RJ
CEP: 27260-100
Telefone: (24) 3343-3930
E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Norte Fluminense
(Campos dos Goytacazes - RJ)
Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607
Condomínio CDT - Pelinca
Campos dos Goytacazes - RJ
CEP: 28035-125
Telefone: (22) 3025-2580
E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
 
Subsede
Região Serrana
(Teresópolis - RJ)
Av. Feliciano Sodré, 300, Sala 518,
Várzea, Teresópolis - RJ
CEP: 25963-081
E-mail: subsedeteresopolis@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Região dos Lagos
(Cabo Frio - RJ)
Av. Julia Kubistchek, 16, Sala 317, Condomínio Edifício Premier Center,
Centro, Cabo Frio – RJ – CEP: 28.905-000
E-mail: subsedecabofrio@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Baixada Fluminense
(Nova Iguaçu – RJ)
Av. Gov. Roberto Silveira, 470, Sala 227,
Centro, Nova Iguaçu – RJ
CEP: 26285-060
E-mail: subsedenovaiguacu@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.