Rio de Janeiro
A+ A-

Notícias

Publicado em: 18/05/2020

O Mundo Em Alerta: saúde mental da população está em colapso.

 


Em um momento em que toda a humanidade está em transformação, devido ao ‘’novo normal’’, principalmente por conta de consequências trazidas pelas medidas de proteção, como distanciamento social, físico e de isolamento. Com isso, nos deparamos com inúmeros malefícios trazidos pela pandemia, além nossa saúde mental, tornando-se frágil devido a tantas incertezas.


A partir do prolongamento da quarentena é perceptível o aumento do estresse, da ansiedade, angustias e medos. Assim, o risco de desenvolvimento dos transtornos mentais cresce a cada dia. A desorientação também e um fator preocupante, a falta de horários, a rotina da família completamente fora de sintonia e a perda da perspectiva de termino do distanciamento, só tendem a acelerar o processo.


“A vivência do isolamento é diferente para cada pessoa. Inicialmente,  uma sensação de que teríamos tempo para nos cuidar, uma euforia como se estivéssemos de férias, em seguida o ócio e a necessidade de fazer algo, sem previsão de tempo para voltar as atividades, tudo começou a perder o sentido. Restando apenas a preocupação com os números de infectados que só  aumentam a cada dia e com a economia do pais, com isso o sentimento de tristeza ficou mais forte. “ observou a Dra. Ana Carla Nogueira Conselheira do Crefito-2


Preocupado com essa avalanche, Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um alerta nesta quarta-feira (14): “O isolamento social, o medo de contágio e a perda de membros da família são agravados pelo sofrimento causado pela perda de renda e, muitas vezes, de emprego.”.


De acordo com um documento das Nações Unidas lançado pelo secretário-geral, a pandemia de COVID-19 está destacando a necessidade de aumentar urgentemente o investimento em serviços de saúde mental ou arriscar um aumento maciço de condições de saúde mental nos próximos meses.   Confira o documento nesse link:  https://nacoesunidas.org/onu-servicos-de-saude-mental-devem-ser-parte-essencial-de-respostas-ao-coronavirus/amp/


Desta forma, com aumento de casos de depressão, foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) no dia (14/05), o projeto de lei 2.251/20, que autoriza o Estado do Rio de Janeiro a contratar em caráter emergencial terapeutas ocupacionais , psiquiatras, psicólogos e  assistentes sociais, para dar assistências no cuidado com  a saúde mental de população  O projeto foi encaminhado para o governador Wilson Witzel e tem  15 dias para ser sancionado ou vetada.


Para Dra. Ana Carla Nogueira Conselheira e Terapeuta Ocupacional é notório que a pandemia trouxe impactos mundiais significativos: “A Terapia Ocupacional é a ciência da saúde que atua justamente na prevenção, habilitação ou reabilitação das pessoas que possuem algum tipo de disfunção ocupacional que atrapalhe a realização das suas atividades da vida diária, sendo assim um profissional essencial na equipe de Saúde. O Terapeuta ocupacional ajuda o individuo a entender seus valores e interesses dentro das relações interpessoais e da própria sociedade. Utilizando atividades que auxiliam este processo reduzindo assim o sofrimento causado pelo transtorno mental.”

 
 
 
  • Imprimir este conteúdo
  •  
  • Salvar este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  • Compartilhar no Whatsapp
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário

Ícone do comentário
 
Sede
Rio de Janeiro
Rua Félix da Cunha, 41
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20260-300
Telefone: (21) 2169-2169
E-mail: faleconosco@crefito2.org.br
Site: www.crefito2.gov.br


Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Sul Fluminense
(Volta Redonda - RJ)
Rua 18-B, 43, Sala 405
Edifício Centro Empresarial - Vila Santa Cecília
Volta Redonda - RJ
CEP: 27260-100
Telefone: (24) 3343-3930
E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Norte Fluminense
(Campos dos Goytacazes - RJ)
Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607
Condomínio CDT - Pelinca
Campos dos Goytacazes - RJ
CEP: 28035-125
Telefone: (22) 3025-2580
E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
 
Subsede
Região Serrana
(Teresópolis - RJ)
Av. Feliciano Sodré, 300, Sala 518,
Várzea, Teresópolis - RJ
CEP: 25963-081
E-mail: subsedeteresopolis@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Região dos Lagos
(Cabo Frio - RJ)
Av. Julia Kubistchek, 16, Sala 317, Condomínio Edifício Premier Center,
Centro, Cabo Frio – RJ – CEP: 28.905-000
E-mail: subsedecabofrio@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Baixada Fluminense
(Nova Iguaçu – RJ)
Av. Gov. Roberto Silveira, 470, Sala 227,
Centro, Nova Iguaçu – RJ
CEP: 26210-210
E-mail: subsedenovaiguacu@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.