Rio de Janeiro
A+ A-

Notícias

Multidisciplinaridade é marca do IV Fórum da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva do Crefito-2

Evento recebeu profissionais de várias áreas para debater a importância da atuação integrada da Fisioterapia e das profissões da saúde no âmbito do esporte.

A multidisciplinaridade foi o ponto alto do IV Fórum da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva do Crefito-2 (conheça a composição no site), realizado no dia 4 de agosto de 2018, no auditório Dr. José Luiz Silva Monteiro, no Espaço Cultural Ruy Gallart de Menezes.

O evento contou com fisioterapeutas, médicos, educadores físicos e renomados atletas de diversas modalidades do esporte convencional e paralímpico, que compartilharam saberes e experiências em seus campos de atuação e elevaram o nível de mais uma atividade gratuita promovida pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região.

O auditório, com a capacidade total esgotada desde a abertura da atividade, contou com um público atento, que acompanhou palestras, mesas-redondas e debates sobre temas de vanguarda no desporto. A abertura reuniu o diretor tesoureiro do Crefito-2, Dr. Robson de Jesus Pavão, que representou a presidente da Autarquia, Dra. Regina Figueirôa; a conselheira e coordenadora geral das Câmaras Técnicas, Dra. Renata Campos Velasque; e o coordenador da CT de Fisioterapia Desportiva, Dr. Odir de Souza Carmo.

Em nome de toda a Diretoria, o diretor tesoureiro, Dr. Robson de Jesus Pavão, deu as boas-vindas aos presentes e desejou sucesso ao evento.

Na sequência, a conselheira e coordenadora geral das Câmaras Técnicas do Crefito-2, Dra. Renata Campos Velasque, agradeceu "a presença dos membros das Câmaras Técnicas, palestrantes que doam seu tempo para fazer o desenvolvimento da Fisioterapia também na parte técnica e científica". Ela salientou que "essa é a ideia do espaço" da Autarquia e que são os espectadores dos eventos que "dão vida" ao Crefito-2. "Essa não é a atividade fim do Conselho. Mas a gente entende que ele tem que ser um pouco mais; tem que ser a casa do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional. Tem que ser um lugar onde realmente a gente possa fortalecer nossas profissões".

A coordenadora geral fez um agradecimento especial à CT Fisioterapia Desportiva, que "consegue fazer um trabalho muito forte". "Parabéns a todos pela organização e a todos que estão aqui compartilhando com a gente", concluiu.

Encerrando as falas da mesa de abertura, o coordenador da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva do Crefito-2, Dr. Odir de Souza Carmo, afirmou que "é um prazer muito grande conseguir realizar mais um evento - o quarto" e agradeceu a Presidência por todo apoio para que a CT pudesse realizar o evento, estendendo os cumprimentos à Diretoria, à coordenação geral das Câmaras Técnicas, bem como aos assessores, funcionários e integrantes da Comissão de Acadêmicos de Fisioterapia, que atuaram no apoio. Dr. Odir fez uma menção especial aos membros da Câmara, que se reúnem mensalmente para discutir sobre "as principais situações ligadas à área da Fisioterapia Desportiva". Finalizando sua fala, o coordenador fez os agradecimentos aos convidados - fisioterapeutas, médicos e educadores físicos - e desejou que todos pudessem aproveitar o evento.

O nível elevado da programação prendeu a atenção do público, que interagiu com os palestrantes. Foram dez horas de programação que, em pleno sábado, escreveu mais um capítulo memorável na história do Crefito-2.



Saiba como foi a programação do IV Fórum da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva do Crefito-2



Voleibol


O pontapé inicial, ou melhor, o "primeiro saque" do evento foi com a mesa-redonda sobre "A Atuação da Equipe Multidisciplinar no Voleibol Brasileiro". Participaram do debate o Dr. Márcio Fonseca Menezes, fisioterapeuta do time de voleibol Sesc-Rio, falando a respeito das "Abordagens Fisioterapêuticas no Voleibol Dentro e Fora das Competições".

Ao seu lado, o Dr. Marco Antônio Jardim, preparador físico do mesmo time, trouxe a visão e a experiência do profissional de educação física sobre "A Tecnologia na Preparação Física no Voleibol". Os profissionais mostraram sintonia e ressaltaram a importância da parceria entre Fisioterapia e Educação Física no âmbito do esporte, sempre atuando dentro das suas especificidades e respeitando os limites das demais áreas da Saúde.

O time contou, ainda, com um reforço de peso. A ex-atleta de voleibol e maior líbero de todos os tempos, Fabiana Alvim de Oliveira, a Fabi. A profissional, que marcou uma geração na Seleção Brasileira de Vôlei, falou sobre sua carreira, desde o início até o período vitorioso no esporte de alto rendimento. Ela se disse "abençoada" por ter tido poucas lesões mais sérias e por não ter precisado passar por períodos de afastamento, mas fez questão de destacar a importância do fisioterapeuta, do preparador físico e dos médicos, cujas atuações contribuem para a prevenção de lesões e recuperação dos atletas.


Corrida


O segundo esporte mais praticado no Brasil atualmente, segundo o Dr. Sergio Maurício Silva, médico e membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot), é a corrida. A informação foi dada pelo profissional durante sua apresentação "As Lesões em Praticantes de Corrida". Além de sua experiência profissional, o palestrante falou também como um praticante de corridas, com participações em diversas competições no Brasil e no exterior.

A visão da Fisioterapia aplicada à prática da corrida ficou a cargo do Dr. Fábio Damião, fisioterapeuta e coordenador da Escola de Osteopatia (Idot-RJ), que abordou o "Tratamento e Prevenção nas Lesões de Corrida".


Judô


Outra modalidade esportiva em destaque no evento, o judô é uma das categorias que mais trouxe medalhas olímpicas para o Brasil, conforme salientaram os palestrantes. O Dr. Rodrigo Rodarte, médico da Confederação Brasileira de Judô e especialista em Traumatologia e Medicina do Esporte, palestrou sobre "A Luxação de Ombro no Judô", um dos problemas que mais acometem os esportistas da modalidade.


Futebol


"As Lesões do Atleta de Futebol e seus Tratamentos" foram discutidas numa mesa-redonda moderada pelo Dr. Odir de Souza Carmo, fisioterapeuta e coordenador da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva do Crefito-2.

O atleta convidado foi o ex-jogador do Clube de Regatas do Flamengo e atual comentarista da Rede Bandeirantes de Televisão, Nélio da Silva. O craque, que marcou história na década de 1990, agradeceu ao Crefito-2 pelo convite e falou sobre sua trajetória no futebol, sobre a lesão que o afastou dos o tempo previsto longe dos campos e sobre a atuação da equipe de saúde, crucial para que ele retornasse aos campos em metade do tempo inicialmente previsto naquela ocasião.

A abordagem sobre da área médica ficou a cargo do Dr. Ronny Cipriano, médico do Clube de Regatas Vasco da Gama, com especializações em Ortopedia e Medicina Esportiva, que fez uma detalhada explanação a respeito da "Incidência de Lesões no Futebol". O profissional de Medicina mostrou a importância do acompanhamento estatístico e da integração entre a equipe de saúde e os treinadores.

Dr. Odir de Souza encerrou as apresentações desse segmento falando sobre a "Atuação da Fisioterapia no Futebol", mostrando a evolução da especialidade e lembrando que o fisioterapeuta desportivo pode fazer a diferença com o uso de materiais simples e técnicas respaldadas por estudos científicos. Ele ressaltou que a tecnologia e os equipamentos disponíveis atualmente são excelentes, mas o que faz realmente a diferença é a capacitação do profissional fisioterapeuta e sua atuação.


MMA


O mix de artes marciais (Mixed Martial Arts - MMA) é um dos esportes mais recentes e que tem alcançado grande visibilidade e tempo de exibição em TV. O intenso ritmo de treinos e competições leva os atletas ao esforço máximo e demanda acompanhamento especializado. A integração e confiança entre atleta, médico, fisioterapeuta e preparador físico foram bem explicitadas na mesa sobre a visão da equipe multidisciplinar sobre o atleta de alto rendimento de MMA.

A lutadora Poliana Botelho, atleta da equipe Nova União, falou sobre "O Dia a Dia do Atleta do MMA". Participaram da mesa a fisioterapeuta e o preparador físico da equipe que cuidam e acompanham Poliana. Dra. Alexandra Ramundo falou sobre "Atuação da Fisioterapia no MMA" e os desafios da atuação em uma área nova, e o educador físico Aleksandro Ferreira Gonçalves mostrou o percurso e "A preparação Física de um Atleta de MMA Até o Dia da Luta".


Esporte Paralímpico


Para encerrar o fórum em grande estilo, a mesa-redonda sobre o esporte paralímpico recebeu o vice-presidente e secretário-geral do Comitê Paralímpico Brasileiro, Ivaldo Brandão, que falou sobre as "Perspectivas do Esporte Paralímpico nas Novas Missões". Ao seu lado, a Dra. Márcia Fernandes, fisioterapeuta e membro da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva, apresentou uma palestra sobre a "Abordagem Fisioterapêutica no Desporto Paralímpico de Alto Rendimento".

Dois atletas convidados também partilharam suas histórias de superação e falaram sobre a parceria com fisioterapeutas e demais profissionais da equipe multiprofissional: Julio Braz (atleta do rugby em cadeira de rodas) e Leandro Marinho (ex-atleta do futebol de sete).

 Veja o que os atletas comentaram sobre o evento no canal do Crefito-2, no Youtube.

 
 
 
  • Imprimir este conteúdo
  •  
  • Salvar este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  • Compartilhar no Whatsapp
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário

Ícone do comentário
 
Sede
Rio de Janeiro
Rua Félix da Cunha, 41
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20260-300
Telefone: (21) 2169-2169
E-mail: faleconosco@crefito2.org.br
Site: www.crefito2.gov.br


Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Sul Fluminense
(Volta Redonda - RJ)
Rua 18-B, 43, Sala 405
Edifício Centro Empresarial - Vila Santa Cecília
Volta Redonda - RJ
CEP: 27260-100
Telefone: (24) 3343-3930
E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Norte Fluminense
(Campos dos Goytacazes - RJ)
Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607
Condomínio CDT - Pelinca
Campos dos Goytacazes - RJ
CEP: 28035-125
Telefone: (22) 3025-2580
E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
 
Subsede
Região Serrana
(Teresópolis - RJ)
Av. Feliciano Sodré, 300, Sala 518,
Várzea, Teresópolis - RJ
CEP: 25963-081
E-mail: subsedeteresopolis@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Região dos Lagos
(Cabo Frio - RJ)
Av. Julia Kubistchek, 16, Sala 317, Condomínio Edifício Premier Center,
Centro, Cabo Frio – RJ – CEP: 28.905-000
E-mail: subsedecabofrio@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Baixada Fluminense
(Nova Iguaçu – RJ)
Av. Gov. Roberto Silveira, 470, Sala 227,
Centro, Nova Iguaçu – RJ
CEP: 26285-060
E-mail: subsedenovaiguacu@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.