Rio de Janeiro
A+ A-

Notícias

Publicado em: 03/10/2016

Dra. Wilma Costa Souza receberá Medalha de Honra ao Mérito do Crefito-2

Fisioterapeuta Neurofuncional será homenageada com a comenda Dr. Fernando Lemos.


O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região segue com o projeto de reconhecimento e valorização dos profissionais que dedicaram suas carreiras às profissões e ajudaram a consolidá-las, especialmente no Estado do Rio de Janeiro. E, em 2016, foram escolhidos cinco nomes, dentre os quais está a Dra. Wilma Costa Souza, especialista em Fisioterapia Neurofuncional e coordenadora da Câmara Técnica da área no Crefito-2.

[Participe do evento. Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita online].

A entrega da Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos será realizada no dia 27 de outubro de 2016, durante a abertura da XVI Jornada Científica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Crefito-2 – Etapa Fisioterapia, no Teatro Odylo Costa, filho, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

A homenagem à Profa. Dra. Wilma Costa, segundo ela mesma afirma na entrevista concedida ao Crefito-2, que você lê a seguir, coroa seus “41 anos de trabalho”. Ela é graduou-se em Fisioterapia pela Escola de Reabilitação do Rio de Janeiro (ERRJ), em 1975; é Mestre em Psicologia (Psicologia Social e da Saúde) pela Universidade Gama Filho (1999); e especialista em Fisioterapia Neurofuncional pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito/2001). Possui Doutorado em Ciências (Programa de Pós-Graduação em Clínica Médica/Neurologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/2011). É professora do curso de graduação em Fisioterapia do Centro Universitário Serra dos Órgãos e da Universidade Castelo Branco; membro do grupo de pesquisa Estimulação Elétrica Não-Invasiva do Sistema Nervoso - Linha de Pesquisa: Reabilitação Funcional de pacientes de AVC com HD- tDCS.

Além da bela carreira científica, a homenageada também tem uma trajetória no âmbito da educação. Atualmente, é coordenadora e supervisora de estágio do Setor de Fisioterapia Neurofuncional do Centro Municipal de Reabilitação do Engenho de Dentro (CMRED-RJ). Sua experiência na área de Fisioterapia Neurofuncional se destaca especialmente pela atuação com pacientes pós-AVC e portadores de Doença de Parkinson. Nesta área, inclusive, ela desenvolve um trabalho relevante por meio da Associação Parkinson Carioca (APC), da qual é fundadora e presidente. A entidade tem como objetivo unir portadores da Doença de Parkinson, amigos, familiares e profissionais de saúde, com a missão de lutar e garantir os direitos de cidadania dos portadores da Doença de Parkinson, oferecer tratamento sempre que possível, desenvolver atividades recreativas e grupos de apoio aos familiares e cuidadores.



Conheça mais um pouco sobre a Dra. Wilma Costa Souza na entrevista a seguir.



Crefito-2 – Como você recebe a notícia desta homenagem com a Medalha Dr. Fernando Lemos? Comente sobre a importância deste reconhecimento por parte do Conselho.

Dra. Wilma Costa Souza: Fiquei muito honrada pela homenagem. É com grande emoção que vou receber essa medalha, pois se trata do reconhecimento por 41 anos de trabalho.

 

Crefito-2 – O que mais marcou sua vida como fisioterapeuta?

Dra. Wilma Costa Souza:
Meu primeiro emprego foi no Centro de Reabilitação Profissional do INSS e nunca deixei de trabalhar na saúde pública. Costumo dizer que, entre todas as minhas atividades, o trabalho que desenvolvo no Centro Municipal de Reabilitação do Engenho de Dentro e na Associação Parkinson Carioca é o que mais me contempla. Estou lá há muito tempo, com meus alunos, oferecendo Fisioterapia Neurofuncional de qualidade a pessoas carentes. A docência respondeu a minha inquietação por aprender e poder aplicar as melhores técnicas de tratamento em meus pacientes, além de transmiti-las aos meus alunos.


Crefito-2 – Quais os desafios do atual momento da Fisioterapia, especialmente na especialidade de Neurofuncional, em sua opinião?

Dra. Wilma Costa Souza: Os fisioterapeutas precisam estar organizados em suas entidades representativas, atuando na defesa da profissão e lutando pela ampliação e garantia de seus direitos. Precisamos de melhores salários, maior número de empregos nas instituições públicas, maior inserção do fisioterapeuta na atenção básica.


Crefito-2 – Quais são suas perspectivas e anseios para o futuro da sua profissão e da especialidade?

Dra. Wilma Costa Souza:
A busca pelo conhecimento mais atual, baseado em evidências, é o que faz do fisioterapeuta um profissional respeitado pelas outras categorias da Saúde e pelo público em geral. A especialidade em Fisioterapia Neurofuncional evolui a cada dia por conta do maior conhecimento sobre as áreas do encéfalo com suas respectivas funções e sobre os mecanismos de neuroplasticidade. Nesse sentido, a Câmara Técnica de Fisioterapia Neurofuncional do Crefito-2 tem como uma das tarefas principais trazer professores e profissionais reconhecidos na área, oferecendo educação continuada gratuita e de qualidade. Esse trabalho tem possibilitado atualização profissional a inúmeros fisioterapeutas.    


Crefito-2 – Que mensagem você daria para um fisioterapeuta em início de carreira ou um acadêmico de fisioterapia?


Dra. Wilma Costa Souza:
Estudem, especializem-se. Nunca deixem de tratar seus pacientes de forma humanizada, acolhendo-os em suas necessidades. Busquem sempre a atuação em equipes interdisciplinares para garantir a integralidade do cuidado.


Crefito-2 – Neste ano, a Jornada Científica do Crefito-2 abordará o tema: “Fisioterapia: Educação Continuada e Aprimoramento Profissional”. Comente sobre a relevância do tema a como acha que a discussão sobre a importância da formação de qualidade e da educação continuada podem contribuir para o fortalecimento da profissão.

Dra. Wilma Costa Souza: Penso que já comentei sobre a necessidade de constante atualização. A boa prática profissional tem garantido o reconhecimento social de nossa profissão. É preciso cada vez mais demostrar como as técnicas de Fisioterapia são eficazes na recuperação das deficiências e da funcionalidade.

 


SERVIÇO 


 
 
 
  • Imprimir este conteúdo
  •  
  • Salvar este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  • Compartilhar no Whatsapp
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário

Ícone do comentário
 
Sede
Rio de Janeiro
Rua Félix da Cunha, 41
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20260-300
Telefone: (21) 2169-2169
E-mail: faleconosco@crefito2.org.br
Site: www.crefito2.gov.br


Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Sul Fluminense
(Volta Redonda - RJ)
Rua 18-B, 43, Sala 405
Edifício Centro Empresarial - Vila Santa Cecília
Volta Redonda - RJ
CEP: 27260-100
Telefone: (24) 3343-3930
E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Norte Fluminense
(Campos dos Goytacazes - RJ)
Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607
Condomínio CDT - Pelinca
Campos dos Goytacazes - RJ
CEP: 28035-125
Telefone: (22) 3025-2580
E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
 
Subsede
Região Serrana
(Teresópolis - RJ)
Av. Feliciano Sodré, 300, Sala 518,
Várzea, Teresópolis - RJ
CEP: 25963-081
E-mail: subsedeteresopolis@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Região dos Lagos
(Cabo Frio - RJ)
Av. Julia Kubistchek, 16, Sala 317, Condomínio Edifício Premier Center,
Centro, Cabo Frio – RJ – CEP: 28.905-000
E-mail: subsedecabofrio@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Baixada Fluminense
(Nova Iguaçu – RJ)
Av. Gov. Roberto Silveira, 470, Sala 227,
Centro, Nova Iguaçu – RJ
CEP: 26210-210
E-mail: subsedenovaiguacu@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.