Rio de Janeiro
A+ A-

Notícias

Dr. Ronaldo Martins Lauria e Dra. Isis Simões Menezes recebem a Medalha Dr. Fernando Lemos

O médico neurologista e a fisioterapeuta tiveram papel fundamental na criação da primeira Residência em Fisioterapia no Estado do Rio de Janeiro, no Hospital Universitário Pedro Ernesto.

A Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos foi entregue, em 2018, a 11 personalidades de destaque e duas delas compartilham um relevante episódio na história de luta pela Fisioterapia: Dr. Ronaldo Martins Lauria e Dra. Isis Simões Menezes.

Dr. Ronaldo Martins Lauria, médico e professor de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), prestou uma expressiva contribuição à Fisioterapia no Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), em sua gestão como vice-diretor, tendo como diretor o também médico e professor, Dr. Ricardo Donato.

Ao assumirem o Hupe, em 1988, o hospital só contava com dois fisioterapeutas, entre eles a Dra. Isis Simões Menezes, que teve papel fundamental, junto com a direção, no desenvolvimento e valorização do fisioterapeuta no hospital.

Ao homenagear o Dr. Ronaldo Lauria e a Dra. Isis Simões, o Crefito-2 também resgata e eterniza as importantes participações de todos aqueles que fazem parte dessa história de valorização e desenvolvimento da Fisioterapia no Hospital Universitário Pedro Ernesto.
 

Saiba um pouco mais sobre esta história na entrevista com os homenageados.


Crefito-2: Como você recebe a notícia desta homenagem e reconhecimento por parte do Crefito-2?

Dr. Ronaldo Lauria: Fico muito feliz pelo reconhecimento, e gostaria de destacar que a minha preocupação em criar a Residência em Fisioterapia no Hupe foi no sentido de, além de abrir espaço para a formação do fisioterapeuta, prestar o atendimento necessário à recuperação dos pacientes. Quando eu e o Dr. Ricardo Donato tomamos posse, o hospital, que tinha cerca de 700 leitos, só contava com dois fisioterapeutas, entre eles a Dra. Isis, que ainda hoje, além de diretora secretária do Crefito-2, é uma das preceptoras dos residentes na Unati/Uerj.

Dra. Isis Simões: Agradeço muito ao Crefito-2 por esta homenagem, por este carinho. Sinto-me muito honrada em receber a Medalha Dr. Fernando Lemos. Entretanto, o desenvolvimento da Fisioterapia no Hupe deve-se à atuação decisiva do Prof. Lauria. Foi ele que abriu todas as portas fechadas, que desbravou todos os caminhos.


Crefito-2: Como foi esse processo de valorização da Fisioterapia no Hupe/Uerj?

Dr. Ronaldo Lauria: A partir de 1988, quando eu e o Dr. Ricardo Donato tomamos posse, começamos a promover algumas medidas no sentido de suprir uma parte significativa das necessidades da instituição e dos pacientes, que passaram a ter o atendimento na área da Fisioterapia. Inicialmente, um grupo de fisioterapeutas atuava no CTI da cirurgia cardíaca, realizando um trabalho voluntário, sem remuneração, sob a liderança do professor Dr. Hélio Pio, o que durou pouco tempo. Até que fosse possível fazer concurso para formar um quadro de fisioterapeutas, foram feitos alguns contratos administrativos, pois não seria possível criar uma Residência em Fisioterapia, sem que tivéssemos fisioterapeutas atuando no Hupe. E o Crefito-2, em solidariedade à causa dos fisioterapeutas, liderados pela Dra. Isis Simões Menezes, apoiou, com pareceres técnicos, a criação da primeira Residência de Fisioterapia no Estado do Rio de Janeiro.

Dra. Isis Simões: O Serviço de Fisioterapia, o primeiro concurso para fisioterapeutas e a Residência em Fisioterapia no Hupe foram importantes sementes plantadas pelo Prof. Lauria, que prosperaram muito. Ele devolveu dignidade ao fisioterapeuta do Hospital Universitário. Tudo o que existe em Fisioterapia no Hupe teve a mão do Prof. Lauria. Ele confrontou seus pares para que o fisioterapeuta pudesse ser reconhecido e respeitado.

Eu trabalhei muito nesse sentido, mas tive os caminhos abertos pelo Prof. Lauria. Foi muito difícil, mas gratificante também. Não somente os fisioterapeutas que passaram nos concursos se beneficiaram com as ações do Prof. Lauria, bem como todos os residentes que passaram e ainda vão passar pelo Hupe.
 

Galeria de Fotos

 
 
 
 
  • Imprimir este conteúdo
  •  
  • Salvar este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  • Compartilhar no Whatsapp
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário

Ícone do comentário
 
Sede
Rio de Janeiro
Rua Félix da Cunha, 41
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20260-300
Telefone: (21) 2169-2169
E-mail: faleconosco@crefito2.org.br
Site: www.crefito2.gov.br


Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Sul Fluminense
(Volta Redonda - RJ)
Rua 18-B, 43, Sala 405
Edifício Centro Empresarial - Vila Santa Cecília
Volta Redonda - RJ
CEP: 27260-100
Telefone: (24) 3343-3930
E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Norte Fluminense
(Campos dos Goytacazes - RJ)
Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607
Condomínio CDT - Pelinca
Campos dos Goytacazes - RJ
CEP: 28035-125
Telefone: (22) 3025-2580
E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
 
Subsede
Região Serrana
(Teresópolis - RJ)
Av. Feliciano Sodré, 300, Sala 518,
Várzea, Teresópolis - RJ
CEP: 25963-081
E-mail: subsedeteresopolis@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Região dos Lagos
(Cabo Frio - RJ)
Av. Julia Kubistchek, 16, Sala 317, Condomínio Edifício Premier Center,
Centro, Cabo Frio – RJ – CEP: 28.905-000
E-mail: subsedecabofrio@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.
Subsede
Baixada Fluminense
(Nova Iguaçu – RJ)
Av. Gov. Roberto Silveira, 470, Sala 227,
Centro, Nova Iguaçu – RJ
CEP: 26285-060
E-mail: subsedenovaiguacu@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.