crefito-facebook-share
Rio de Janeiro Espírito Santo
Símbolo da Fisioterapia Símbolo da Terapia Ocupacional
A+ A-

Notícias

A Terapia Ocupacional “caminha em direções favoráveis”, diz profissional homenageado pelo Crefito-2

Em entrevista ao Crefito-2, o Dr. Marcus Vinícius Machado de Almeida falou sobre a atuação do terapeuta ocupacional.

Em entrevista ao Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região, o Dr. Marcus Vinícius Machado de Almeida comentou a respeito da atuação do terapeuta ocupacional e revelou sua visão a respeito desta área. Ele foi um dos homenageados da XII Jornada Científica do órgão e integra o primeiro grupo a receber a Medalha de Honra ao Mérito Fernando Lemos. Trata-se de uma homenagem especial em reconhecimento aos profissionais cujas atuações ajudaram a construir a dignidade e a importância da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional.

Graduado em Terapia Ocupacional, Música, Dança e Filosofia, o Dr. Marcus Vinícius é o criador do projeto pedagógico da graduação de Terapia Ocupacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e foi o primeiro coordenador do curso na instituição. Em seu extenso currículo há também especializações em Musicoterapia, Arte Terapia e Sistema Laban de Análise de Movimento. Possui ainda mestrado em Artes na UFRJ e doutorado em Educação Física na Universidade de Campinas (Unicamp).

Atualmente, é professor nos cursos de Terapia Ocupacional e Dança na UFRJ. Já trabalhou Ambulatório de Saúde Mental da Prefeitura de Niterói, foi Terapeuta Ocupacional da Prefeitura do Rio de Janeiro no Programa de Prevenção de Incapacidades em Hanseníase e lecionou em cursos de Terapia Ocupacional na Universidade Castelo Branco e na Escola Superior de Ensino Helena Antipoff (ESEHA).

Crefito-2: Como você recebe a notícia desta homenagem? Qual a importância deste reconhecimento por parte do Conselho?

Foi extremamente emocionante e gratificante. Creio que o Crefito-2 valorizou a luta de um grupo de terapeutas ocupacionais que há muito lutava para a abertura de cursos públicos no Rio de Janeiro. Considero que esta homenagem é o reconhecimento deste trabalho, que, ratifico: não foi só meu, mas de vários profissionais. Esta homenagem é coletiva e a estendo a todos eles.

Crefito-2: Comente sobre a importância de se tratar “Acessibilidade e Humanização” como tema na XII Jornada Científica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional
.

Tratar de acessibilidade e humanização é entender que o papel da Terapia Ocupacional ultrapassa as questões meramente clínicas e a transporta a uma atitude ética, de respeito e inclusão da diferença. Humanizar é singularizar nossas ações, nossas relações e convocar o outro como agente de seu tratamento e de sua vida. A acessibilidade é um processo de tornar vivo todos os espaços públicos. Estas dimensões da humanização e da acessibilidade colocam a Terapia Ocupacional numa dimensão política de militante pela diferença e pela vida, como já disse, em uma postura ética.

Crefito-2: Quais os principais avanços da área e momentos profissionais que mais marcaram sua vida?

Ao longo de minha trajetória profissional, diversos fatos foram históricos e importantes, como os primeiros concursos abertos para Terapia Ocupacional nas cidades do Rio de Janeiro, de Niterói e no restante do estado. Mas, sem dúvida alguma, as aberturas das graduações em Terapia Ocupacional no IFRJ e na UFRJ foram momentos históricos mais felizes para o crescimento da Terapia Ocupacional, não só no nosso Estado, mas no Brasil.

Crefito-2: Quais os desafios do atual momento da terapia ocupacional?

Acredito que a Terapia Ocupacional está num momento de extrema importância, mas também bastante delicado. Há atualmente uma grande quantidade de cursos novos em universidade públicas que estão sendo abertos (UFES, UFPA, UFSM, UFS, UFPB, UFPel, UNB, dentre outros) e que necessitam se estruturarem e se fortificarem. Há também o início do primeiro mestrado específico na área, na UFSCar, que tem que se estabelecer e cumprir as exigências dos órgãos de fomento. A Terapia Ocupacional também avançou em conquistas profissionais, como sua inclusão no Sistema Único de Assistência Social - Suas. Estes eventos mostram que ela caminha em direções favoráveis e pode efetivar-se de modo pleno na saúde, educação, acessibilidade cultural e assistência social.

Crefito-2: Quais são suas perspectivas e anseios para o futuro da sua área?

Creio que a Terapia Ocupacional vem crescendo de forma bastante amadurecida, pois para além de um crescimento numérico em termos de profissionais, suas posturas ética, profissional, científica e o questionamento de seu saber específico se solidificam e a colocam em destaque, com papel de transformação social inquestionável.

Acredito que esta será uma das profissões quemais contribuirá para os processos e políticas de humanização em diversas esferas, não só na Saúde, mas na Educação, Cultura, Arte e na Assistência Social. Entendo que a Terapia Ocupacional, para além de uma profissão da área da Saúde, está se constituindo como saber e ciência básicos, estudando as ocupações humanas, o cotidiano, o desempenho ocupacional, as Atividades de Vida Diária (AVDs), o trabalho, o lazer e a expressão sexual, que são conhecimentos necessários e importantíssimos para pensar a vida, a cultura, a sociedade, o cotidiano e as relações humanas.

 
 
 
  • Imprimir este conteúdo
  •  
  • Salvar este conteúdo
  •  
  •  
  •  
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  • Compartilhar no Orkut
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário

Ícone do comentário
 
 
Sede
Rio de Janeiro
Rua Félix da Cunha, 41
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20260-300
Telefone: (21) 2169-2169
E-mail: crefito2@crefito2.org.br
Site: www.crefito2.gov.br


Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Sul Fluminense
(Volta Redonda - RJ)
Rua 18-B, 43, Sala 405
Edifício Centro Empresarial - Vila Santa Cecília
Volta Redonda - RJ
CEP: 27260-100
Telefone: (24) 3343-3930
E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Subsede
Norte Fluminense
(Campos dos Goytacazes - RJ)
Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607
Condomínio CDT - Pelinca
Campos dos Goytacazes - RJ
CEP: 28035-125
Telefone: (22) 3025-2580
E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
 
Subsede
Espírito Santo
Rua Misael Pedreira da Silva, 98, Salas 307/309/310 - Praia do Suá
Vitória - ES - CEP: 29056-940
Telefone: (27) 3227-6616
Fax: (27) 3345-6103
E-mail: subsede@crefito2.org.br

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
COFFITO
Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional
SRTS Quadra 701, Conjunto L
Edifício Assis Chateaubriand,
Bloco II, Salas 602/614
Brasília - DF
CEP: 70340-906
Telefone: (61) 3035-3800
E-mail: coffito@coffito.org.br
Site: www.coffito.org.br